Menu fechado

AS ARTES E O MEIO AMBIENTE, AS ORIGENS DAS FONTES DAS ÁGUAS DE CAXAMBU E UM PLANO DIRETOR PARA O MUNICÍPIO FORAM OS DESTAQUES NA TARDE DESTA QUARTA-FEIRA

Com palestras e apresentações que marcaram pelo amplo debate e colocações importantes para o alinhamento de ações que busquem de fato o desenvolvimento sustentável para o município, a Conferência Caxambu teve na tarde desta quarta-feira (8) participações marcantes.   

A artesão Kátia Bastani falou sobre arte e percepção ambiental, tendo em seguida a apresentação de Henrique Genereze destacando a arte, a cultura e a sustentabilidade. O painel fechou com a fala de Carlos Simas, designer e ambientalista falando sobre artes para a preservação ambiental

Na sequência, sob o comando do Secretário de Turismo e Cultura de Caxambu Filipe Condé, o debate girou em torno do tema ” O Sul de Minas sob pesquisas e perspectivas”.

Um dos convidados mais aguardados foi Miguel Tupinambá – Professor associado da Faculdade de Geologia da UERJ que apresentou os Resultados do Projeto SIGA-Circuito das Águas, CODEMGE, executado pela UFMG, UFOP, UERJ e USP sobre a composição e origem das fontes de água mineral do Parque das Águas de Caxambu.

Logo após, Danielle Piuzana Mucinda, geóloga e Diretora Instituto Auguste Saint- Hilaire de Diamantina abordou a Experiência da metodologia de Zoneamento Ambiental e Produtivo (ZAP) e possibilidades para o Sul de Minas e Marcelino Santos de Morais, geógrafo e professor também Diretor Instituto Auguste Saint- Hilaire de Diamantina completou o tema.

No fim da tarde o papel dos jovens para o futuro das cidades foi debatido por Helena Luísa de Carvalho, Engenheira Civil, especializada em Administração de Empresas e Engenharia Sanitária e Ambiental que apresentou detalhes do Plano Municipal de Saneamento Básico de Caxambu. Também esteve no painel Letícia da Silva Pereira Bacharel em Arquitetura e Urbanismo apresentando o tema Requalificação Urbana – análise física, turística e cultural de Caxambu, MG.

No encerramento o Secretário Adjunto de Planejamento e Desenvolvimento da Prefeitura de Caxambu Nicolas Dinamarco destacou a importância para o presente e futuro do município e da região por meio da elaboração correta e democrática de um  Plano Diretor sob a perspectiva dos critérios de uma cidade inteligente e sustentável.

A Conferência Caxambu é um momento especial onde pela primeira vez estão sendo debatidos temas e apresentadas soluções que levem ao desenvolvimento totalmente aliado a preservação e conservação ambiental, arquitetônica e histórica.  

Skip to content